quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Restos mortais

Seria até alguém na vida,
se fosse.

Mas, se foi,
é fóssil.

Adaptação

Dentro do peito, carregava uma verdade.
Muito viva, inquestionável, verdade.

Mas, algumas verdades não sobrevivem
a outras verdades.

E é por isso que quem carrega uma,
às vezes, suporta o falso.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Toda prosa

A poesia anda toda prosa
pintou de verde
o verso branco
rimou com brinco
a frase solta.

A poesia
escreve nuvens no azul do céu
veste rosa para fazer dormir o sol
e no início da noite,
escorre toda prosa no papel.

E o poeta...
Bom, o poeta, nessa hora,
é um menino a se lambuzar no mel.

Era

Pois é
Era?

Pois era:
poeira de estrada
ausência na estada
estrela na chuva
semi-reta na curva
semideus no inferno

Pois é
pois ia assim
a mil
sem levar a mal
os que diziam
que não era nada.



Quem sou eu

Minha foto
Na rádio, sou o narrador de futebol, Carlos Augusto. Na TV, sou o repórter e apresentador Carlos Albuquerque. Aqui, neste blog, pretendo resolver essa "crise de identidade" e juntar os dois "Carlos"! Mas, no fundo, sou aprendiz, eternamente aprendiz! Sou filho da terra, de todas as terras que formam o planeta, de todas as substâncias que formam o universo. Sou irmão de todos os seres. Sou o pai da Luíza.